Tio-avô que matou criança em Navegantes vai à júri popular

Laura morreu no dia 28 de fevereiro de 2018, dois dias após dar entrada no Hospital Pequeno Anjo, em Itajaí

0
842

O tio-avô de Laura Cecilia Bittencourt, morta em fevereiro de 2018 atingida por um pedaço de madeira, vai a júri popular em 24 de abril na cidade de Navegantes. Fernando Cristiano Grapp é acusado de matar a criança de um ano e seis meses. Ele foi preso em flagrante pela agressão e continua detido deste então aguardando julgamento.

Laura morreu no dia 28 de fevereiro de 2018, dois dias após dar entrada no Hospital Pequeno Anjo, em Itajaí. O tio-avô da vítima é acusado de ter atirado um pedaço de madeira em direção à criança, que estava em uma cadeirinha. O foco, na verdade, seria a avó da criança, Edvânia Grapp. Os dois estavam discutindo sobre o aluguel de uma casa.

A discussão seguiu acalorada até que Fernando arremessou um pedaço de madeira para atingi-la e acabou acertando na Laura. Na época, o tio-avô alegou que teria acertado a criança sem querer por conta de problemas na visão, uma consequência da diabetes.

Fonte: Visor Noticias

Artigo anteriorJogador é morto a tiros e dois homens ficam feridos em quadra de futebol em Itajaí
Próximo artigoHomem é encontrado morto no Jardim Praia Mar em Itapema