Testes da vacina Johnson & Johnson começam nesta semana no DF

0
128

O responsável pelos ensaios clínicos da vacina Johnson & Johnson no Distrito Federal, Eduardo Freire Vasconcellos, afirmou ao Metrópoles que os primeiros voluntários da pesquisa na capital serão imunizados ainda nesta semana, provavelmente, nesta sexta-feira (13).

A candidata à vacina contra a Covid-19 da gigante farmacêutica será avaliada em 800 pessoas no DF — metade do grupo recebe a fórmula, e a outra metade, um placebo. O imunizante encontra-se na fase 3 de ensaios, a última antes do registro. No mundo, 60 mil pessoas estão participando dos ensaios clínicos da vacina da Johnson & Johnson, sendo 7 mil no Brasil.

“As doses da vacina estão conosco há duas semanas. Chegaram quando o ensaio clínico estava pausado mundialmente. Agora, estamos prontos para aplicá-las”, afirma Vasconcellos, que dirige o Instituto L2IP, contratado pela multinacional para fazer os testes no DF.

Cerca de 6 mil pessoas inscreveram-se para participar do ensaio em Brasília, pouco mais de 800 foram selecionadas e, atualmente, fazem exames e entrevistas para checar se estão aptas a participar do estudo.

A retomada do ensaio clínico no Brasil foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária em 3 de novembro. O estudo havia sido interrompido mundialmente por causa de uma doença não explicada em um dos voluntários, mas o comitê independente que acompanha a pesquisa avaliou que o fato não justificava o comprometimento dos testes.

O diretor do Instituto L2IP afirmou que os voluntários brasilienses estarão divididos em quatro grupos: jovens saudáveis, jovens com comorbidades, idosos saudáveis e idosos com comorbidades. O primeiro voluntário que receberá a vacina será um jovem saudável, mas, por enquanto, não terá a identidade divulgada. A previsão é de que a aplicação da imunização seja encerrada em janeiro de 2021, e o estudo, concluído em abril.