Suspeito de estuprar e agredir mulheres diz que ‘não se recorda dos crimes’

Casos aconteceram no Oeste do Estado. Homem foi preso na manhã desta segunda-feira (29). a ao menos quatro mulher foram vítimas do indivíduo

0
1663

A justiça acatou o pedido da Polícia Civil para a prisão preventiva do homem, de 34 anos, suspeito de estuprar uma mulher e tentar violentar outras três na região Oeste do Estado, nos últimos 10 dias. Ele foi detido pela Polícia Militar, por volta das 10h desta segunda-feira (29), em Chapecó.

Em entrevista coletiva, na 12ª Delegacia Regional da Polícia Civil, o delegado Thiago de Oliveira disse que o homem prestou depoimento durante a tarde desta segunda. No interrogatório, o suspeito confessou que entrou nos veículos das vítimas com ameaças. No entanto, declarou que não se recorda de ter praticado abuso sexual ou tentado, mas não descartou a possibilidade.

Ainda de acordo com o delegado, o homem se manteve tranquilo durante todo o interrogatório. “Ele aparenta sofrer alguns transtornos de depressão e ansiedade, além disso, disse que faz uso de cocaína. Ele teria abordado às vítimas sob o efeito de droga” disse.

Todas as quatro mulheres também foram ouvidas e reconheceram o homem como autor dos crimes. Segundo Oliveira, o agressor foi indiciado por três tentativas de estupro e um de estupro consumado.

O Inquérito Policial foi encaminhado ao Poder Judiciário, com manifestação favorável do Ministério Público. A prisão preventiva do homem foi decretada no início da noite desta segunda-feira. Ele foi conduzido ao Complexo Prisional de Chapecó.

Quem é o homem?

O homem é natural de Caxambu do Sul, município localizado à cerca de 40 quilômetros de Chapecó, cidade onde atualmente morava. Ele trabalhava há oito anos como taxista e possuía um relacionamento estável com uma mulher, há oito anos.

Segundo a polícia, o homem já possuía passagens criminais. Uma por tentativa de homicídio, ocorrido em 2013, quando ficou preso por 40 dias. Outras por ameaça e lesão corporal de violência doméstica.

O delegado José Airton Stang, da DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso) definiu o homem como um maníaco. “Alguém que tem algum distúrbio comportamental, que não se restringe na prática de um crime, mas uma sucessão, como neste caso”, disse.

O que chamou a atenção da polícia, é que todas às vítima possuíam um perfil parecido: loiras 20 e 45 anos. Mesmo exercendo a função de taxista, o homem não teria utilizado o veículo de trabalho para praticar os crimes. Os casos seguem com as delegacias de área de Guatambu e também de Seara,

Crimes

Estupro consumado: No final da madrugada de sábado (20), o homem abordou uma mulher, de 37 anos, na saída de uma lanchonete em Chapecó. Com uma faca, o agressor obrigou a vítima entrar no próprio carro e levou ela até o interior do município de Seara.

Ainda no carro, o homem tirou a roupa da mulher, praticou o estupro e deu um golpe de faca no peito da vítima. Em seguida, ela foi deixada na estrada e caiu num córrego, onde ficou desmaiada por cerca de uma hora.

A mulher conseguiu recuperar consciência e, mesmo ferida, pediu socorro em moradores próximos, que acionaram a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. Ela foi levada até o Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, mas já se recupera em casa.

O homem retornou com o veículo da vítima para Chapecó e abandonou o automóvel na região central do município.

Tentativa de estupro: No sábado (27), por volta das 23h, o homem tentou estuprar outra mulher em Chapecó. O agressor obrigou a vítima entrar no Fiat/Palio, branco, que ele estava e seguiu para um local afastado, no município de Guatambu.

No caminho, a mulher abriu a porta do carro e pulou do veículo em movimento. Ela fugiu por uma área de mata e pediu socorro aos moradores da região.

Tentativa de estupro: No domingo (28), por volta da 1h da madrugada, o homem tentou fazer mais uma vítima. O agressor entrou no carro da mulher e sob ameaça de uma faca, tentou abusá-la, mas ela reagiu e conseguiu fugir.

Tentativa de estupro: Ainda no último domingo, a noite, o homem tentou estuprar outra mulher em Chapecó. Ele abordou a vítima no bairro Cristo Rei, obrigou ela entrar no carro dele, um Fiat/Palio, branco, mas a mulher conseguiu pedir socorro e o agressor fugiu do local.

FONTE: ND+

Artigo anteriorEm apenas um bueiro de Florianópolis, dezenas de garrafas pet são retiradas
Próximo artigoQuais são os reais benefícios dos suplementos alimentares para praticantes de atividades física?