Secretaria de Educação de Itapema divulga prazos das matrículas e rematrículas para 2023

0
252

A Prefeitura de Itapema, por meio da Secretaria de Educação, lançou o edital de matrícula e rematrícula para o ano letivo de 2023. O documento apresenta os prazos e exigências legais para todos os estudantes de Rede Municipal de Ensino. Para acessar o edital completo basta entrar no site da Prefeitura de Itapema, no link Serviços – Cidadão – Edital de Matrícula e Rematrícula Rede Municipal de Ensino 2023 ou no mural de todas as Escolas, Centros de Educação Infantil e EJA.

Confira as datas:

Rematrícula da Educação Infantil, Ensino Fundamental (2º ao 9º ano) e educação de Jovens e Adultos: Automática

Rematrículas compartilhadas para a Educação Infantil e para os 1º anos do Ensino Fundamental:  17, 18 e 21 de novembro de 2022 (pais e responsáveis irão até a Unidade Escolar confirmar a rematrícula)

Transferência entre Centros Municipais de Educação Infantil: Será na Secretaria de Educação, localizada na Avenida Joao Francisco Pio, 482, das 9h às 12h e das 13h às 17h.

  • 24 de novembro de 2022: CMEIs Ilhota, Alto São Bento, Odete Bertemes, Abelhinha Feliz I e II
  • 25 de novembro de 2022: CMEIs Soldadinho de Chumbo, Clube do Mickey, Rita Maria de Jesus Rebelo e Paulo Reis
  • 28 de novembro de 2022: CMEIs Universo da Criança, Meia Praia, Branca de Neve e Caminhos do Saber
  • 29 de novembro de 2022: CMEIs Benta Maria Florêncio, Pequeno Príncipe, Antônio Russi, Maria Iracema e Huga Saragoça

Transferência entre escolas do Ensino Fundamental: de 28 de novembro a 02 de dezembro de 2022 -diretamente nas Escolas

Matrículas novas para Educação Infantil: Crianças que constam no Sistema Fila Única do ano de 2022 – as matrículas novas serão no mês de dezembro de 2022 com uma nova chamada no site da Prefeitura

Matrículas novas para Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos: de 05 de dezembro a 09 de dezembro de 2022 – diretamente nas Escolas

Artigo anteriorSanta Catarina recebe medicação para tratamento de Covid-19
Próximo artigoPix movimenta R$ 12 trilhões em dois anos e consolida-se como meio mais usado no país