Reuniões determinam estratégias sobre o Rio Perequê

0
1151

Representantes da Fundação Ambiental Área Costeira de Itapema (FAACI) e da Fundação do Meio Ambiente de Porto Belo (FAMAP) estiveram na última quarta-feira (23/01) no Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), juntamente dos técnicos da Agência Reguladora de Serviços Públicos de Santa Catarina (ARESC) para conversar sobre as ações conjuntas que devem ser realizadas buscando solucionar os problemas com o Rio Perequê. Os representantes das duas cidades e ARESC foram recebidos pela Diretora de Regulação Ambiental do IMA, Ivana Becker.

Na sexta-feira (25/01) representantes de Porto Belo e Itapema se reuniram novamente no Centro Administrativo de Porto Belo para determinar os próximos passos após o encontro no IMA. Um dos pontos principais debatidos foi a força-tarefa de limpeza das margens do Rio, uma das primeiras iniciativas conjuntas que deve acontecer. Durante a reunião, ficou definido as documentações que deverão ser providencias pelas duas cidades que deverão ser entregues ao órgão ambiental para a continuidade do cronograma de ações.

“Com essa reunião conseguimos avançar nas ações conjuntas no Rio Perequê. Ainda esta semana será feito uma reunião com o departamento jurídico das duas cidades para que o mais breve possível seja encaminhada a documentação exigida pelo órgão estadual”, explicou a presidente interina da FAACI, Carolina Ioppi.

Sobre o encontro em Porto Belo, do qual participou a presidente da Famap Ana Paula Bunn com a procuradora geral do Município Rosane Posanske e a presidente da FAACI Carolina Ioppi, juntamente do assessor jurídico de Itapema Valdemiro Adalto de Souza, foram determinados os passos para acelerar o processo, principalmente por conta da burocratização que impede a limpeza dos rios.

Artigo anteriorProrrogadas as inscrições para voluntariado em trilha e marina de bombinhas
Próximo artigoPrefeitos de Balneário Camboriú e Camboriú selam acordo para tratamento de esgoto