Presos pela Operação Oxigêncio no RJ e SP são transferidos para Santa Catarina

Transferência ocorreu nesta segunda-feira (08)

0
442

Dois presos pela Operação Oxigênio em São Paulo e Rio de Janeiro foram transferidos para Santa Catarina nesta segunda-feira (08). A transferência contou com força-tarefa da Polícia Civil, Ministério Público de Santa Catarina e Tribunal de Contas do Estado.

Um dos homens, preso no Rio de Janeiro, desembarcou do avião da PRF no começo da noite no aeroporto Hercílio Luz, de Florianópolis. Ele foi encaminhado para a sede da DEIC de São José.

Já o homem de São Paulo foi trazido para SC pelo DEAP por via terrestre. Um terceiro homem também foi preso preventivamente e permanecerá no Rio de Janeiro. Ele não será transferido em virtude de uma testado médico.

Além dos presos em outros estados, em Santa Catarina a Operação Oxigênio prendeu Douglas Borba, ex-chefe da Casa Civil. Pedro Nascimento Araújo, diretor executivo da Veigamed, empresa que vendeu os respiradores, está foragido.

A Operação Oxigênio investiga a compra de 200 respiradores pela Secretária de Saúde do Estado de Santa Catarina pelo valor de R$33 milhões com dispensa de licitação.