Pelo Estado: Programa Faculdade Gratuíta esquenta debate na Alesc

0
173

O programa Faculdade Gratuíta, promessa de campanha do Governador Jorginho Mello e que tem previsão de ser implantado ainda em 2023, tem esquentado os debates na Assembleia Legislativa, antes mesmo do projeto de chegar por lá. A proposta prevê o investimento de R$ 2 bi na compra de todas as vagas do Sistema Acafe para oferta gratuita em troca de trabalho voluntário.

Na última semana, uma comitiva de reitores da Acafe esteve na Assembleia em reunião no gabinete do deputado Jair Miotto (União), juntamente com os demais membros, os deputados Marcos da Rosa e Sérgio Guimarães. Durante conversa, a presidente da Acafe, Luciane Ceretta, e o vice-presidente, Kaio Henrique Coelho Amarante, apresentaram números do sistema Acafe e garantiram estarem preparados para a execução do programa.

O projeto tem levantado alguns debates. A deputada Luciane Carminatti (PT) presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Alesc disse que a expectativa é grande para o envio da proposta. “O debate já chegou na Alesc. Vamos abrir as discussões sobre de onde virá o recurso, ou seja, quais investimentos serão preteridos para financiar o programa, e para onde irá o dinheiro, ou seja, se a aplicação do recurso público será a mais responsável possível com a sociedade”, disse.

Dirigentes da Associação de Mantenedoras Particulares de Educação Superior de Santa Catarina (Ampesc) defendem a redistribuição dos recursos públicos e buscam diálogo com o governo do Estado. A Associação pede que as instituições privadas de ensino vinculadas à Ampesc também sejam reconhecidas pelo Estado e seus alunos tenham acesso ao programa. Segundo o presidente da Ampesc, Cesar Lunkes (diretor da Horus Faculdades), a Associação representa 70% do total de alunos matriculados no Estado, o equivalente a 300 mil estudantes. Hoje, a proposta anunciada é somente da compra de vagas do sistema Acafe, porém o governo do Estado tem sinalizado para a possibilidade de bolsas para as entidades privadas.

Iniciativa ganha repercussão nacional

Uma iniciativa pioneira em Santa Catarina e que tem ganhado repercussão nacional é o projeto de lei escrito com ferramentas de inteligência artificial do deputado Matheus Cadorin (Novo), e que chamou a atenção de parlamentares de vários Estados. O projeto é o primeiro elaborado com inteligência artificial no Brasil e trata de informações sobre os estoques de remédios disponíveis nas unidades de saúde do Estado. O tema é importante, já que quando for aprovado qualquer cidadão vai poder consultar e saber quantas unidades de cada tipo de medicamentos há para distribuição. Mas, o que chama atenção é a forma como ele foi elaborado: com o uso de algoritmos e inteligência artificial, contidos no aplicativo. A ação é inédita no país e pode abrir caminhos para o desenvolvimento de soluções tecnológicas que aperfeiçoem a elaboração de leis e a gestão pública. O deputado Cadorin, que é da área da tecnologia e se define como “startupeiro”.

Bancada do oeste

O deputado Marcos Vieira (PSDB) foi eleito coordenador da Bancada do Oeste. O  grupo de parlamentares atuará em prol das demandas da região. Entre as prioridades estão a mobilização por novas obras, o aumento de voos entre Chapecó, Florianópolis e Navegantes; melhoria das rodovias e trechos que cortam o Oeste, tais como a SC-283, BR-163, SC-305, SC-160 e SC-350; substituição das redes de energia elétrica por trifásicas; construção de grandes sistemas de armazenamento de água, como cisternas e açudes, com até 1,5 milhão de litros e finalização do Laboratório do Leite, em Pinhalzinho.

Eficiência energética

A Celesc realizará um workshop no modelo híbrido nesta sexta-feira (10), às 9h30, para esclarecer dúvidas relacionadas à inscrição de projetos na Chamada Pública de Eficiência Energética 2022. Serão disponibilizados R$ 5 milhões para o financiamento de propostas selecionadas destinadas a projetos voltados aos consumidores industriais e residenciais (exceto baixa renda), e às demais classes de consumo, como prédios públicos, estabelecimentos comerciais ou de serviços, área rural ou iluminação pública. As inscrições podem ser realizadas até a data da realização, clicando aqui.

Startup SC

O Programa de Capacitação Startup SC e Jornada Startups estão com inscrições abertas para selecionar 200 startups a participarem de capacitações para estruturar negócios. As inscrições são unificadas e vão até o dia 2 de abril. Serão selecionadas startups iniciantes ou consolidadas, que já possuam protótipo desenvolvido e que estejam iniciando a busca por clientes. Para o Startup SC, estão abertas 50 vagas, sendo 20 destas para Florianópolis. Blumenau, Chapecó e Joinville terão 10 vagas cada. O projeto de capacitações empreendedoras é desenvolvido pelo Sebrae/SC e tem a duração de 7 meses.

SC e Calábria

A Assembleia Legislativa e o Consiglio Regionale della Calabria, o equivalente a uma assembleia legislativa da Calábria, região do sul da Itália terão um termo de cooperação para fomentar, fortalecer e facilitar a troca de informação entre os parlamentos e as relações entre o estado e a região italiana. “Santa Catarina será coirmã da Calábria”, disse o deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB) que irá presidir a Frente Parlamentar. Segundo Caropreso, a Calábria tem interesse nos equipamentos para produção de energia renovável produzidos em Santa Catarina.

Artigo anteriorCorrenteza ‘devolve’ corpo de adolescente desaparecido no mar de Navegantes
Próximo artigoAcesso aos bairros Sertão Santa Luzia e Alto Perequê é novamente assunto em Brasília