Operação da PF desarticula tráfico internacional de drogas em SC e outros sete Estados

0
701

Mais de 150 policiais federais cumprem na manhã desta quinta-feira (2) a Operação Manifest, com foco em desarticular uma organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de cocaína pela rota Bolívia, Paraguai e Brasil, por meio de aeronaves.

Os 15 mandados de prisão preventiva e os 30 de busca e apreensão são cumpridos em oito estados, dentre eles: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Roraima e Distrito Federal.

Além dos mandados, são compridas ordens judiciais para bloqueio de imóveis e contas bancárias, sequestro e apreensão de dez aeronaves e outros veículos e bens que estiverem em poder do grupo.

As investigações começaram em dezembro de 2020, a partir de um acidente aéreo ocorrido no município gaúcho de Muitos Capões. Na oportunidade, o avião utilizado para transportar a droga sofreu avarias no momento do pouso e permaneceu escondido, em meio à plantação, por cerca de uma semana.

Ordens judiciais foram cumpridas em oito Estados brasileiros – Foto: Divulgação/PF/Arquivo/NDOrdens judiciais foram cumpridas em oito Estados brasileiros – Foto: Divulgação/PF/Arquivo/ND

A apuração identificou que a organização criminosa é formada por empresários do setor de aviação agrícola, advogados, pilotos e indivíduos ligados à facção criminosa de atuação nacional. Os crimes identificados, até o momento, são tráfico internacional de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

No Litoral Norte de Santa Catarina são compridos mandados de prisão preventiva e busca e apreensão em Balneário Camboriú, Itajaí, Navegantes, Porto Belo e Bombinhas. São, ao todo, 12 mandados.

Além do Litoral Norte catarinense, os mandados de prisão preventiva atingem as cidades de Vacaria, Passo Fundo, Carazinho ambas no Rio Grande do Sul, Guaratuba, Bandeirantes, Assis Chateaubriand, Goiorê no Paraná, Ferraz Vasconcelos em São Paulo e Ponta Porã em Mato Grosso do Sul.

As buscas e apreensões foram cumpridas em Vacaria no Rio Grande do Sul, Chapecó no Oeste catarinense, Uberlândia em Minas Gerais, Brasília no Distrito Federal e Boa Vista no Paraná.

Artigo anteriorPoliciais civis terão que fazer exames toxicológicos no começo da carreira em SC
Próximo artigoObras segue atuando nos bairros de Itapema