‘O Estado é laico, mas nosso governo é cristão’, diz Bolsonaro no Twitter

0
759

O presidente Jair Bolsonaro cometeu uma contradição ao publicar, no Twitter, um vídeo em que ele aparece orando com parlamentares e ministros em um gabinete.

“- O Estado é laico.

– Respeitamos a todos.

– Mas o nosso Governo é CRISTÃO”, escreveu o presidente da República na legenda que acompanha o vídeo na rede social.

Nas imagens, aparecem os ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), o secretário Fabio Wajngarten (Secom), o deputado federal Marco Feliciano (Republicanos-SP), o deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ), entre outras figuras. O vídeo ainda insere frases de efeito como “esse é um governo que ora pela sua nação” e reafirma o slogan de campanha de Bolsonaro, “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.

A Constituição brasileira prega que o Estado deve ser laico, ou seja, nenhum governo pode adotar religião oficial, nem assumir valores ou se manifestar em pautas religiosas, garantindo a liberdade e a proteção de culto e suas liturgias.

Artigo anteriorBolsonaro diz que não é privilégio pedir à PF para prestar depoimento por escrito
Próximo artigoSC salta seis posições e é estado mais eficiente do país em ranking nacional