Justiça dá 5 dias ao Flamengo para evitar interdição e bloqueio

Um incêndio atingiu um dos alojamentos do centro de treinamento, no último dia 8, matando dez atletas de base do clube e ferindo outros três

0
977

A Justiça do Rio de Janeiro garantiu ao Clube de Regatas do Flamengo um prazo de cinco dias para se defender e impedir a interdição total do Centro de Treinamento do Ninho do Urubu e o arresto de R$ 57,55 milhões.

Os pedidos de interdição e de bloqueio dos bens foram feitos pelo Ministério Público Estadual e pela Defensoria Pública do Estado, no último dia 20.

Um incêndio atingiu um dos alojamentos do centro de treinamento, no dia 8 de fevereiro, matando dez atletas de base do clube e ferindo outros três.

O Ministério Público e a Defensoria pediram a interdição até que as instalações estejam completamente seguras e regularizadas junto ao Corpo de Bombeiros e prefeitura do Rio.

Já o arresto foi solicitado para que seja viabilizada a indenização dos familiares das vítimas, pedida pela Defensoria.

O juiz Bruno Monteiro Rulière atendeu a um pedido do Flamengo para que o clube tenha o prazo para se defender.

Artigo anteriorCom ajuda do cão Yanke, PM prende traficante de crack em Camboriú
Próximo artigoBombeiros fazem buscas por mulher que foi sugada por bueiro no Oeste Catarinense