Jorginho Mello anuncia medidas e comitê permanente para aumentar a segurança nas escolas estaduais

0
164
Foto: Eduardo Valente/Secom

O governo do Estado vai reforçar e ampliar a segurança no ambiente escolar da rede pública. Por determinação do governador Jorginho Mello, uma das principais medidas será a presença de segurança armada em cada uma das 1053 escolas estaduais, por meio de um protocolo integrado das forças de segurança do Estado. Além desta medida, o governador também anunciou a criação do Comitê Permanente de Operações Integradas para monitorar a implantação das ações, avaliar resultados e sugerir novos esforços para a segurança nas unidades de ensino. O anúncio das medidas foi feito nesta segunda-feira, 10, durante a solenidade de apresentação do balanço dos primeiros 100 dias de governo.

“Não importa quanto isso vai custar, o Governo do Estado vai fazer, porque nossos filhos e netos merecem estar seguros nas escolas”, frisa Jorginho Mello. O investimento previsto para efetivar as medidas de segurança nas escolas é de R$ 70 milhões.

Medidas de segurança

De acordo com o governador, as medidas serão implementadas nas 1053 unidades estaduais de ensino, que fazem parte do protocolo de segurança nas escolas, intensificado após a tragédia em Blumenau. A primeira medida – colocada em prática ainda na última quinta-feira, 6 de abril – é a ronda ostensiva de policiais militares na frente de todas as escolas da rede pública. Além disso, as Guardas Municipais também estão reforçando a segurança nas creches e escolas municipais.

Entre as outras ações destacam-se também o treinamento de professores da rede pública estadual para resposta rápida e segura e a contratação de segurança armada para atuar nas escolas pelo recrutamento de policiais civis ou militares e bombeiros que compõem o Corpo Temporário de Inativos da Segurança Pública (CTISP). As ações contam com a parceria da Secretaria de Estado da Educação (SED) e vão garantir mais segurança para os mais de 520 mil estudantes da rede estadual de ensino.

Artigo anteriorProcon de Itajaí registra redução no preço da cesta básica
Próximo artigoSaúde de BC vacina 418 pessoas contra a Influenza no primeiro dia de campanha