Itajaí possui alto risco de transmissão de doenças transmitidas pelo mosquito da dengue

0
236

Em um Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti, a cidade de Itajaí apontou alto risco de transmissão das doenças transmitidas pelo mosquito na cidade. Ação aconteceu entre os dias 27 de fevereiro a 10 de março.

Ao todo, foram visitados 3.175 imóveis e inspecionados 5.972 depósitos. Uma equipe de 20 agentes de endemias percorreu o município para identificar e coletar amostras para a verificação da presença do mosquito Aedes aegypti.

Entre os imóveis vistoriados na atividade, 209 apresentaram focos positivos, sendo 206 comércios ou residências e 03 terrenos baldios. Foram constatados ainda 299 depósitos com larvas do mosquito.

Focos positivos do mosquito transmissor da dengue foram encontrados em caixa de água, depósitos de armazenamento de água (tonel, barril, tambor, etc), pneus, plantas e em outros locais.

Artigo anteriorDeputado Emerson Stein comemora parceria Educação/ACAFE/CELESC
Próximo artigoSC está entre os 4 Estados que podem emitir a nova carteira de identidade; veja como