Hemosc passa a aceitar doação de sangue de homossexuais após decisão do STF

0
896

O Hemosc passou a aceitar doações de sangue de homossexuais. O questionário feito aos doadores não consta mais com a pergunta 48, que questionava se a pessoa tem ou teve recentemente relações com parceiros do mesmo sexo.

Esta decisão do hemocentro atende à decisão do STF do dia 22 de maio e uma recomendação do Ministério Público catarinense, feita na semana passada.

O MP pressionou o Hemosc a seguir os novos protocolos após não seguir as normas mesmo após quase um mês da decisão do STF. Segundo o Ministério Público, no dia 12 de junho, um morador da cidade de Florianópolis foi impedido de fazer a doação por ter se identificado como bissexual.

Segundo o Hemosc, desde a segunda-feira passada (15) a orientação passou a ser seguida. Na última sexta-feira (19), o hemocentro confirmou ao MP a retirada da pergunta do questionário e informou que já estava divulgando a possibilidade de doação de sangue por pessoas com qualquer orientação sexual.

Artigo anteriorPrefeita Nilza Simas se reúne com representantes dos supermercados
Próximo artigoCom avanço da Covid-19, Blumenau deve aumentar rigidez do isolamento social