Governo do Estado testa catraca com reconhecimento facial de servidores

0
33


Fotos: Divulgação / SEA

Para melhorar a segurança e o controle de acesso de servidores aos órgãos públicos, a Diretoria de Tecnologia e Inovação, da Secretaria de Estado da Administração (SEA), implantou a primeira catraca eletrônica com reconhecimento facial em uso pelo Governo do Estado. O equipamento foi instalado na entrada da sede da SEA, no Centro Administrativo, em Florianópolis.

“Ainda estamos em fase de testes, mas a ideia é ampliar o uso da catraca com reconhecimento facial em outros órgãos do Estado. Vamos acelerar uma mudança importante no setor público que há anos adota sistemas de controle analógicos nas entradas dos prédios públicos”, disse o secretário da Administração, Jorge Eduardo Tasca.

O equipamento ainda não trata de controle de horas trabalhadas, mas serve para segurança dos órgãos públicos, permitindo comunicação com outros sistemas digitais de acesso.

Como funciona

Todo servidor que passa pela catraca tem de fazer um pré-cadastro e enviar uma foto atual para ser inserida no sistema.

A catraca faz a leitura dos traços faciais da pessoa (mesmo estando com máscara de proteção à Covid-19) e também afere a temperatura corporal.

Se o cadastro estiver ativo e a pessoa estiver sem febre, a catraca é liberada permitindo o acesso.

O equipamento também pode ser usado para liberação em estacionamentos mediante cadastramento de veículos e reconhecimento de placas.