Gaeco cumpre mandados contra corrupção no serviço público em SC

0
234
Foto Ilustrativa

Durante a manhã desta quarta-feira (24), o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas) cumpriu dois mandados de busca e apreensão contra um agente público de Papanduva, no Planalto Norte catarinense, suspeito de corrupção.

A ação faz parte da operação Corretor, que investiga prática indevida na destinação de imóveis públicos. A investigação apura eventuais crimes contra a administração pública.

Neste caso, o investigado estaria cobrando comissão de empresários interessados em instalar empreendimentos em terrenos públicos.  Inclusive, o nome da operação é uma alusão à corretagem de imóveis.

Os locais de buscas ocorreram em órgão público e em local privado. A operação envolveu equipes do GAECO e contou com o apoio do Centro de Apoio Técnico (CAT). A Justiça segue investigando o caso.

O Gaeco é uma força-tarefa composta pelo Ministério Público, Receita Estadual e Corpo de Bombeiros Militar e pelas polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e Penal.

Artigo anteriorPelo Estado: Santa Catarina aumenta exportação de produtos com inteligência agregada e mantém a de carne
Próximo artigoPelo Estado: Santa Catarina aumenta exportação de produtos com inteligência agregada e mantém a de carne