‘Explosão de casos’: em uma semana, SC soma quase 4 mil novos infectados por dengue

0
141

Os casos de dengue em Santa Catarina não param de aumentar. De acordo com o boletim epidemiológico da doença divulgado nesta quarta-feira (26), pela Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina) , em uma semana foram identificados 3.898 novos casos. O número também cresceu nos confirmados por chikungunya, que no último informe era de 18 infectados contra 24 nesta semana.

Além das confirmações de novos casos de dengue, o número de mortes também aumentou no Estado. Ao todo foram sete pessoas vítimas da doença em uma semana. O número saltou de 14 para 21.

Do total de casos confirmados até o momento (19.502), 15.010 são autóctones (transmissão dentro do estado) distribuídos em 91 municípios de Santa Catarina, sendo que 15 deles já atingiram o nível de epidemia. A OMS (Organização Mundial da Saúde) define o nível de transmissão epidêmico quando a taxa de incidência é maior de 300 casos de dengue por 100 mil habitantes.

O aumento também foi registrado no número de focos do mosquito Aedes aegypti, que saltou de 32.188 para 34.105. Segundo a Dive, até o dia 24 de abril, 144 municípios foram considerados infestados, o que representa crescimento de 14,3% em relação ao mesmo período de 2022, que registrou 126 municípios nessa condição.

Joinville lidera casos confirmados

Joinville lidera os casos confirmados de dengue em Santa Catarina. O município acumula 5.705 casos confirmados, o que representa 29% dos casos do Estado.

No segundo lugar no ranking de casos está o município de Palhoça, na Grande Florianópolis, com 2.960 casos. Seguido de São José com 1.575 casos e Florianópolis com 1.428.

Artigo anteriorVacina bivalente contra o coronavírus está disponível para maiores de 18 anos nas UBS em Itapema
Próximo artigoOperação Mensageiro tem novas prisões e quarta fase deflagrada nesta quinta-feira