Está lacrada a válvula (by-pass) na estação de Tratamento de Esgoto de Itapema

0
1166

Segundo denúncias, recebidas pela prefeitura e a PM, na calada da madrugada, o by-pass era aberto por funcionários da Conasa

A operação para detectar suposto descarte de esgoto bruto continuou nesta sexta-feira (11/01) na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da CONASA Águas de Itapema. Durante todo o dia representantes da Polícia Militar, Polícia Ambiental, Prefeitura de Itapema, Fundação Ambiental Área Costeira (FAACI) e do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) estiveram no local.

No final da tarde foi realizado o lacre do sistema de segurança denominado by-pass, que deve ser utilizado apenas em casos de emergência e com autorização de órgão ambiental. Também foi constatado pelo IMA que não existe um projeto de execução de obra de construção da ETE, dificultando ainda mais a fiscalização.

Em 2013 em uma fiscalização da FATMA com a Polícia Federal apontava irregularidade na liberação da construção e funcionamento do by-pass, que não foram adequadas pela companhia. Na próxima semana, o trabalho de fiscalização vai continuar com apresentação de documentos e laudos.

Artigo anteriorPolícia Militar prende homem com mandado de prisão por estupro
Próximo artigoDecisão de vereadores atrapalha atuação de comerciantes na orla de Itapema