Escola esconde 20 crianças no banheiro para fugir de fiscalização

0
632

Uma escola particular de Florianópolis, na região do Continente, escondeu 20 crianças no banheiro, durante a fiscalização sanitária na tarde desta quarta-feira (17), para omitir seu funcionamento. A instituição foi interditada e multada por manter as aulas presenciais, contrariando o decreto municipal.
Conforme a Vigilância em Saúde de Florianópolis, além do funcionamento irregular, a escola estava atuando sem alvará sanitário. Durante a ação, em conjunto com a Guarda Municipal de Florianópolis (GMF), a instituição recebeu uma multa no valor de R$ 2.500 reais. Outra multa será aplicada pela falta de alvará do estabelecimento que vai de R$125 a R$ 2.500.
Irregularidades nas escolas
Apenas em março, a Vigilância Sanitária recebeu mais de 40 denúncias de irregularidades em escolas da Capital. Na segunda-feira (15) a equipe de fiscalização atendeu uma ocorrência em outra escola do Continente, onde três crianças que estavam em isolamento domiciliar foram mandadas à escola pelos pais.
Por terem tido contato com casos positivos de Covid-19, os pais já haviam sido informados formalmente que as crianças deveriam ficar afastadas. Segundo a prefeitura de Florianópolis, mesmo após contato com os responsáveis, a escola informou à Vigilância Sanitária que os pais não iriam buscá-las sem que o turno escolar estivesse acabado. Os pais ou responsáveis receberam multa de R$1.250 reais.

Artigo anteriorSetor industrial permanece em queda e tem 47,1 pontos em fevereiro, revela CNI
Próximo artigoDia Mundial da Água: Conheça tecnologias da Epagri que preservam o recurso