El Niño traz risco de novos eventos climáticos extremos a SC em novembro

0
88
Ruas alagadas em Blumenau após chuvas (Foto: Patrick Rodrigues)

O mês de novembro pode ter novos eventos extremos em Santa Catarina, devido à influência do El Niño na atmosfera, que traz uma quantidade de chuva expressiva. Segundo a Defesa Civil do Estado, não estão descartadas possíveis ocorrências climáticas durante o período, assim como aconteceu em outubro.

— Uma análise estatística pelo tipo de El Niño que está em vigor é que em novembro e maio seriam os meses mais críticos e com maior probabilidade de eventos. O que esperamos é que o aguardado para novembro tenha ocorrido em outubro. Porém, novembro tende a ser mais chuvoso e, por isso, pode ter eventos expressivos — explica Frederico Rudorff, coordenador de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil de Santa Catarina.

No entanto, o coordenador pontua que ainda não é possível fazer uma previsão se há riscos de grandes inundações como as que ocorreram nos últimos dias. Mas ele enfatiza que é necessário ficar em alerta devido a característica do mês.

— A recomendação é de que haja ações de obras preventivas, limpeza de galeria e córregos, e trabalhar com a conscientização da população para criar uma cultura preventiva — enfatiza.

Chuvas extremas em outubro

Desde 4 de outubro, 145 municípios catarinenses registram ocorrências em virtude das chuvas, como alagamentos, deslizamentos e granizo. Ao menos 133 estão em situação de emergência e dois decretaram estado de calamidade pública: Rio do Sul e Taió, ambas cidades localizadas no Alto Vale do Itajaí.

Além disso, até a manhã de terça-feira (17), seis mortes foram confirmadas em decorrência das chuvas, conforme a Defesa Civil. Mais de 26 mil pessoas seguem desabrigadas.

Outro transtorno é relacionado ao trânsito, já que 27 rodovias possuem bloqueios ou interdições parciais devido às chuvas, tanto em estradas federais quanto em estaduais.

A previsão é de que a chuva continue em Santa Catarina nos próximos dias. Nesta quinta-feira (19), os maiores volumes de chuva devem ser registrados no Extremo Oeste, Oeste, Meio-Oeste, Planalto Norte e Litoral Norte.

Ainda segundo a Epagri/Ciram, na sexta-feira (20) o tempo será instável com pancadas de chuva a qualquer hora do dia entre o Extremo-Oeste e o Litoral Sul, principalmente nas áreas que fazem divisa com o Rio Grande do Sul. Já nas demais, sol com aumento de nuvens.

Por NSC

Artigo anteriorCaixa paga novo Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 2
Próximo artigoPortos de SC repetem crescimento acima da média nacional na movimentação de cargas