Dois caminhões foram flagrados em Itapema e Joinville, transportando cigarros do Paraguai

0
735
Cigarros contrabandeados do Paraguai foram apreendidos na BR-101 em SC. — Foto: Divulgação/PRF-SC

Cerca de 550 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai foram apreendidos em duas ocorrências na BR-101 em Itapema e Joinville, nesta quinta-feira (17). As ações foram da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Receita Federal. Os materiais estavam em dois caminhões que transportavam ovos.

O primeiro caminhão, um Volvo com placas de Itajaí, foi abordado por volta das 9h no km 151, em Itapema. O motorista disse que estava transportando ovos e apresentou nota fiscal. Mas ao remover parte do material, os agentes identificaram um fundo falso no baú, e atrás dele encontraram caixas contendo 300 mil maços de cigarros paraguaios.

O motorista é paranaense, tem 39 anos, e disse que seria pago para transportar a carga do interior do Paraná até Porto Alegre (RS). O condutor foi levado à Polícia Federal de Itajaí e responderá por contrabando. Poderá ainda ter a carteira de habilitação (CNH) cassada por cinco anos, conforme lei federal sancionada na última semana.

O segundo veículo, um caminhão VW com placas de Londrina (PR), foi abordado quase no mesmo horário no km 25 da BR-101 em Joinville. Para a PRF-SC, era a mesma quadrilha da ocorrência de Itapema, já que a carga de 250 mil maços de cigarros também estava escondida por um fundo falso atrás de um carregamento de ovos da mesma granja.

O motorista de 41 anos, também paranaense, contou que a carga seria transportada até a região de Porto Alegre. Ele foi encaminhado à Polícia Federal de Joinville e vai responder por contrabando e poderá ter a CNH cassada por cinco anos.

Os cigarros e os caminhões foram encaminhados para depósitos da Receita Federal. As cargas de ovos foram doadas a instituições de caridade locais.