Detentos liberam agentes mantidos reféns em tumulto na penitenciária de Itajaí

0
994

Três agentes que foram mantidos reféns por cinco detentos na Penitenciária da Canhanduba, em Itajaí, no Vale, foram liberados na noite de domingo (24). Um tumulto foi registrado no período da tarde e durou mais de cinco horas. De acordo com o Departamento de Administração Prisional (Deap), a situação foi controlada e ninguém ficou ferido.

Ainda  acordo com o Deap, o tumulto começou por volta das 14h de domingo, no horário de visita da penitenciária e os detentos utilizaram pedaços de pisos quebrados, um extintor de incêndio e barras de ferro para render os agentes e impedir a saída deles de uma cela.

As pessoas e familiares, que estavam nas instalações para a visitação, precisaram sair às pressas. A partir disso, iniciaram as negociações e com a intermediação da juíza da Vara de Execuções Penais, Cláudia Ribas Marinho, ocorreu a solução do impasse. Os reféns foram liberados por volta das 19h20 de domingo.

O Deap não informou quais reivindicações foram feitas pelos detentos. Mas, visitantes que estavam dentro da penitenciária e acompanharam o início do tumulto disseram à NSC TV que os presos reclamavam de mudanças recentes na direção e restrições de visitas. O departamento também não informou o que irá ocorrer com os detentos que participaram da ação.

A Secretaria de Justiça e Cidadania está prestando todo o auxílio necessário para os servidores e funcionários terceirizados da empresa que faz a cogestão da unidade.

O Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí já foi uma referência no Estado em relação à estrutura e à segurança. A estrutura tem cerca de 2 mil detentos no presídio, penitenciária e semiaberto.

Fonte G1 SC

 

Artigo anteriorBalneário Camboriú terá representante em dois Grand Prix de Atletismo
Próximo artigoFogo atinge comércio na Serra Catarinense