Damares pede que mulheres não deixem de denunciar abusos

0
682

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves, comentou o vídeo da audiência da influenciadora Mariana Ferrer, em que a jovem chega a chorar após ser insultada pelo advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho, que atuou na defesa de André Aranha, empresário acusado de ter estuprado a jovem em uma boate de Florianópolis.

Em entrevista ao programa Melhor Agora, da TV Band, a ministra repudiou o ocorrido e afirmou que o Brasil tem magistrados comprometidos com a Justiça e pediu para que as mulheres, vítimas de violência física ou sexual, não deixem de denunciar.

– Quantas mulheres assistiram ao vídeo e, agora, terão medo de denunciar? Quero passar é que aquilo é uma exceção, temos magistrados comprometidos. Não tenham medo, denunciem, temos um magistrado que acolhe – disse.

Damares também afirmou que o MMFDH acompanha o caso de Mariana há um ano e que, logo depois que a sentença foi determinada, a pasta federal tomou providências sobre a situação, como acionar a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para entender o ocorrido.

– Há um ano o Ministério acompanha o processo dela, temos limitações judiciais e tão logo a sentença foi proferida, nós tomamos providências. Essa semana, o Ministério acionou a OAB para entender o que aconteceu naquela audiência – relatou.

Artigo anteriorSC pode participar da fase final de vacina italiana contra a Covid-19
Próximo artigoBrasil vai comprar qualquer vacina certificada pela Anvisa, diz Bolsonaro