Criminosa que matou mulher no hospital de Tijucas afirma ter agido pro ciúmes

0
1016

Durante depoimento à Polícia Civil, Regiane Aparecida Rosa, presa na tarde desta quarta-feira (01), em São José, a principal acusada de matar a facadas Ana Cléia Silvério, no Hospital São José, em Tijucas e atentar contra a vida do ex-marido, confessou ter cometido o crime por ciúmes.

Segundo Ricardo Melo, delegado responsável pelas investigações, a criminosa declarou que havia terminado o relacionamento com o ex-companheiro, há pouco mais de um mês e que o encontrou com Ana em uma festa em Porto Belo. Com raiva, ela o atacou com uma garrafa quebrada, em seguida, disse que danificou o veículo de Evaldo e quase o atropelou na saída da casa noturna.

Ainda em depoimento, Regiane confessou que foi ao hospital e viu Ana na recepção, a segurou pelos cabelos e desferiu vários golpes de faca. Ela tentou entrar na área onde o ex-companheiro estava, porém como não conseguiu, fugiu do local. Após o crime, a acusada pegou a filha em casa e fugiu para São José.

Com informações de VipSocial

Artigo anteriorPorto de Imbituba realiza exportação recorde em número de cabeças de gado
Próximo artigoHomem é preso pela Polícia Militar por tráfico de drogas em Camboriú