CidadesItajaí Protagonismo de Itajaí na The Ocean Race 2023 é destaque ao redor do mundo

0
100

A edição 2023 da The Ocean Race foi histórica e segue rendendo bons frutos para o Município de Itajaí. Tanto que nesta quarta-feira (18) o CEO da regata, Richard Brisius, visitou a cidade para tratar sobre os rumos da competição e ressaltar a importância de Itajaí para o evento como um todo.

Segundo Brisius, as ações de sustentabilidade implantadas pela cidade durante e após a competição elevaram o nível de comprometimento de todas as cidades-sede da The Ocean Race com essa causa. Em Itajaí, além da conscientização formada durante o evento, com a visitação das crianças e o Summit, foi formulado um projeto de política pelo Direito dos Oceanos.

O documento foi apresentado em setembro na ONU e está em tramitação, servindo como base para a definição de uma declaração universal, imprescindível para a promoção das ações de conscientização e preservação dos mares. “Nosso grande desafio é oficializar a Declaração de Direito dos Oceanos até 2030”, comentou Brisius.

“É fundamental falarmos dos oceanos quando falamos em sustentabilidade. Isso porque 80% de toda a vida está nos oceanos, a temperatura é regulada em 94% pelos mares e mais de 50% do oxigênio vem deles. Então o papel dos oceanos é muito mais importante que o das florestas, por exemplo”, explica o CEO da The Ocean Race.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Itajaí, Thiago Morastoni, com a regata o Município compreendeu e abraçou a necessidade de criar uma consciência coletiva em torno do meio ambiente. “A The Ocean Race carrega um propósito que precisa ser discutido por todos nós. Os dados que o Richard apresentou, tudo o que a gente vive, está diretamente ligado a isso. Acabamos de passar por cheias e se a gente observar, isso está diretamente ligado às mudanças climáticas”.

Outros eventos

Em relação à estrutura, Brisius enfatizou que “Itajaí apresentou um modelo de Vila da Regata a ser seguido para todas as outras cidades que fazem parte do evento”. Por isso, há um esforço grande da organização da The Ocean Race para que a cidade volte a fazer parte da competição nas próximas edições.

Pensando em ampliar o calendário da The Ocean Race, a organização da regata planeja realizar outras competições e eventos nos intervalos da regata principal. “Existe um plano de ação para os próximos oito anos para constituir eventos como The Ocean Race Europe. Dessa forma vamos nos manter conectando as cidades-sede nesse período que ficamos sem The Ocean Race”, salienta Richard Brisius.

Documentário

Outro anúncio importante feito nesta quarta é que em novembro a Warner Bros Entertaiment lança o documentário sobre a The Ocean Race. Itajaí será parte importante da produção, contribuindo com a divulgação e crescimento da cidade.

Artigo anteriorPortos de SC repetem crescimento acima da média nacional na movimentação de cargas
Próximo artigoPrejuízos causados pelas chuvas em Santa Catarina ultrapassam R$ 1 bilhão