Baixo nível de água no Rio Perequê pode interferir no abastecimento de Porto Belo

De acordo com a Casan, a estiagem já se transformou em seca e não há perspectiva de chuvas

0
459

Devido ao período de estiagem, o Rio Perequê, manancial de captação de água para a cidade de Porto Belo, teve uma redução de 50% da sua vazão. De acordo com a Casan – Companhia Catarinense de Água e Saneamento, a estiagem já se transformou em seca e não há perspectiva de chuvas que recarreguem os mananciais. Na versão mais recente do Boletim Hidrometeorológico Integrado, o município de Porto Belo foi classificado com o nível de “atenção”, ou seja, a condição hidrológica indica que a vazão de permanência no rio está baixa e que pode ocorrer prejuízos no abastecimento.

Atualmente a Casan tem realizado manobras operacionais para minimizar o impacto da escassez de água e manter o abastecimento de água na cidade, mas a conscientização da população na hora do consumo é ainda mais importante. O Governo do Município de Porto Belo, bem como a Casan, tem alertado a população sobre a importância de economizar água neste período de seca. A intenção é conscientizar as pessoas sobre a mudança de hábitos, que pode fazer toda a diferença neste período. Cuidar com o tempo em que fica com o chuveiro ligado, optar por varrer ao invés de lavar as calçadas e evitar lavar o carro com mangueira são alguns dos hábitos que podem ser mudados para evitar o desperdício de água.