Artigo Pelo Estado: “Serei o senador que orgulhará o voto do catarinense”

0
222

Celso Maldaner

Deputado federal e candidato a senador

Com muito trabalho, eu quero ser o senador que mais recursos trará para os nossos municípios. Foi assim como deputado federal, quando fui reconhecido como um dos parlamentares mais atuantes e o que destinou maior volume recursos para as nossas cidades: mais de R$ 1 bilhão, destinados a obras e melhorias na saúde, educação e infraestrutura.

Meu compromisso é representar todos os catarinenses, não apenas alguns. E isso só se consegue colocando a nossa gente acima de qualquer diferença ou interesse. Com esse espírito de ouvir as pessoas; com essa minha disposição ao trabalho e ao diálogo, tenho certeza de que vou conseguir muito mais no Senado para o nosso Estado. Porque quando eu luto por conquistas no Congresso, quem está lá não é o Celso: é a Santa Catarina que me elegeu.

Minha prioridade é melhorar a vida da nossa gente lá nos municípios. É nisso que vamos trabalhar firme em Brasília. E também no combate forte à corrupção, uma praga que tira dinheiro de áreas fundamentais, como a saúde e a educação. Como deputado federal, visitei todas as 295 cidades catarinenses para conhecer de perto suas necessidades, o que deu mais eficiência ao meu trabalho. Foi assim que consegui levar recursos para a quase totalidade dos municípios.

Como autor da PEC pelo fim do Foro Privilegiado, no Senado vou trabalhar firme pela sua aprovação e pelo fim das regalias para políticos. Do mesmo jeito que fiz como deputado, recusando benefícios e privilégios que não considero justos para com o contribuinte, como a aposentadoria especial, auxílio-mudança e auxílio-aluguel. É pelo exemplo que se faz a diferença. E, com a graça de Deus, serei o senador que orgulhará o voto do catarinense.

Artigo anteriorEntrevista Pelo Estado: “SC dos sonhos protege povos originários e é lugar seguro para mulheres, negros e crianças”
Próximo artigoArtigo Pelo Estado: “Um mandato com números e resultados históricos para Santa Catarina”