Alunos da Rede Municipal de Itapema conhecem projeto Horta Comunitária e Familiar

0
1139

Como parte das ações do Projeto Minha Escola Mais Verde, os alunos do quinto ano da Escola Municipal Bento Elói Garcia, no Bairro Morretes, realizaram na manhã desta terça-feira (18/06) uma visita à Secretaria de Obras, onde puderam conhecer a horta comunitária mantida pelo Departamento de Agricultura e Pesca. A intenção era que as crianças vivenciassem o desenvolvimento e os cuidados ideais de fazer uma horta que posteriormente será implantada na escola.

O técnico do Departamento de Agricultura e Pesca, Giovane J. da Silva, passou algumas explicações aos alunos sobre o plantio, a preparação do terreno, ações de recuperações pós-queimadas e a maneira correta na hora da colheita. Para a Chefe dos Anos Iniciais, Rosimeri H. Santos, o principal objetivo de trazer as crianças para conhecer a horta, é uma forma prática de aprendizagem para os alunos. “Por meio das técnicas apresentadas permite as nossas crianças produzirem e consumirem alimentos saudáveis, incentivando o cultivo de alimentos orgânicos”, destaca.

Segundo a Chefe dos Anos Finais, Claudia R. dos Anjos, que também é bióloga, esse momento só vem instigar nessas crianças o interesse de criar dentro da Escola uma horta. “As crianças puderam entender que a preocupação não é apenas com o plantio, mas que tem todo um trabalho de cuidado, entre escolher o local mais adequado para desenvolver a horta, que cada espécie tem a sua peculiaridade, e que existem vários fatores que interferem no que plantar e qual forma cuidar”, explica.

A Secretária de Educação, Alessandra Simas Ghiotto, salienta a importância de uma educação alimentar. “Geralmente as crianças têm uma certa dificuldade de aceitar alguns tipos de legumes e hortaliças, mas quando elas tem o contato direto desde o plantio até a colheita desperta nelas o interesse de experimentar, além de levaram para suas casas esse aprendizado”, destaca.

Como participar do projeto?

O Programa Horta Comunitária e Familiar disponibiliza mudas para a população além de auxiliar no preparo e manutenção dos canteiros. Desde 2018, mais de 350 famílias já foram beneficiadas pelo do Departamento de Agricultura e Pesca. Os interessados em receber o Programa de Horta Comunitária e Familiar devem procurar o Departamento que fica localizado na Rua 900, nº 155, no Bairro Alto São Bento. É necessário apresentar cópia dos documentos de Identidade, CPF, comprovante de residência, comprovante de renda, cópia do título de posse do terreno ou autorização por escrito do proprietário.

Artigo anteriorComissão de Pesca da Alesc busca soluções para impasse com lei do Rio Grande do Sul
Próximo artigoGrupo aplica golpe milionário de falso pacote de viagem à Terra Santa