Advogado que matou namorada poderá responder em liberdade se pagar fiança de R$50 mil

0
1276

No local os policiais constataram o crime e o suspeito ameaçou se matar, o que deu início às negociações para rendição do homem. Depois de 24h ele se entregou sendo preso

Depois de 24 horas sob intensa negociação, Paulo de Carvalho Souza, de 42 anos, que matou sua namorada, Lucimara Stasiak, de 30 anos, foi preso na tarde de quarta-feira (03).

Paulo matou Lucimara na última quinta (28) a facadas. Ele passou dias com o corpo dentro de casa conservando-o em gelo até que os vizinhos, por suspeitarem da atitude, chamaram a polícia.

No local os policiais constataram o crime e o suspeito ameaçou se matar, o que deu início às negociações para rendição do homem. Depois de 24h ele se entregou sendo preso.

Agora, nas redes sociais, circula um vídeo onde o delegado de plantão dá voz de prisão para Paulo. Ele diz que ele não será preso em flagrante por homicídio, mas por ocultação de cadáver e que a fiança é de R$ 50.000,00 para que ele responda o processo em liberdade.

Caso haja pagamento de fiança, Paulo responderá em liberdade, caso não, ele será encaminhado para audiência de custódia.

Artigo anteriorVereadores cobram ações mais contundentes contra surto de dengue em Itapema
Próximo artigoDia D de combate ao Aedes Aegypti em Bombinhas