6 suspeitos são presos por falsificar medicamentos e exercício ilegal em clínicas de SC

0
152

Seis pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (15) suspeitas de participarem de um esquema criminoso em uma clínica de Joinville, no Norte catarinense. O grupo estaria falsificando e adulterando medicações, além de exercer ilegalmente profissões da área da saúde.

A Operação Venefica cumpriu mandados de prisão preventiva e outros 50 de busca e apreensão estão sendo cumpridos em Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

As diligências foram cumpridas pelo Gaeco e DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Joinville, responsável pela apuração da denúncia.

O grupo é investigado pelos crimes de falsificação e adulteração de produtos destinados a fins medicinais, organização criminosa, exercício ilegal da profissão, falsidade ideológica e lavagem de capitais em clínicas joinvilenses. Uma delas, fica localizada no bairro América.

Além dos mandados de busca e de prisão, foi determinado pela Juízo da 2ª vara Criminal de Joinville, o sequestro de bens móveis, como veículos e valores, e imóveis, além da suspensão de perfis nas redes sociais, da atividade econômica de quatro empresas e uma filial, além de outras medidas cautelares diversas da prisão.

O advogado de uma das clínicas investigadas informou à reportagem que foi acionado para acompanhar as diligências, que ainda não teve acesso aos autos e que a partir de agora, trabalharão na defesa do cliente.

Por nd+

Artigo anteriorDelegacias de Balneário Camboriú recebem evento em alusão ao agosto Lilás
Próximo artigoFinanças de Itapema realiza audiência da LDO e LOA 2024